22 de jul de 2011

Começou a Comic - Con 2011

Comic-Con é a principal feira de quadrinhos dos Estados Unidos, tendo se tornado, na última década, referência obrigatória para profissionais e amadores atuantes no cinema, TV e videogames. Realizada todos os anos na cidade de San Diego, Califórnia, a convenção promove o maior encontro de editores, criadores e profissionais da área, bem como um sem-número de atividades para os fãs. 
Esse ano mesmo com a ausência de Batman,Os vingadores entre  outros   a feira promete muita diversão para os fãs de quadrinhos,cinema e tv.
VAMOS AOS DESTAQUES DO 1º E 2º DIA.
IN TIME:
SINOPSE:O filme mostra um futuro onde as pessoas pararam de envelhecer, mas, para conter a superpopulação, o tempo se torna a moeda vigente e só aqueles que têm condições de pagar podem viver além dos 25 anos. Os ricos passam a ser imortais enquanto os menos afortunados passam a lutar pela sobrevivência. No meio dessa guerra está ASmanda Seyfried que interpreta uma jovem rica que é sequestrada por um rapaz de periferia Justin Timberlake, que é acusado falsamente de matar um homem para roubar seu tempo de vida. O filme promete hein.

 
 
  AMANHECER:
SINOPSE: PRECISA KKKKKK
ABAIXO UMA MATÉRIA QUE SAIU NO SITE OMELETE SOBRE O PAINEL DE AMANHECER
  
Depois de 4 horas de sono, estou acordado para ver o Amanhecer. Não o nascer do sol, mas o novo filme da Saga Crepúsculomesmo. O início de trabalho foi dividido em dois. Primeiro foi a entrevista coletiva do estúdio, que espertamente empurrou atores coadjuvantes e autores de outros projetos que eles vão transformar em filme no futuro, como Divergent (Veronica Roth), Warm Bodies (Isaac Marion) e The Night Circus (Erin Morgenstern). E depois veio a apresentação na Sala H do Centro de Convenções.
Curioso notar que a fila para entrar na coletiva tinha entre 50 e 100 jornalistas do mundo inteiro, algo enorme para a Comic-Con. Enquanto isso, do outro lado da rua, fãs que estavam acampados desde terça-feira esperavam o momento de entrar na maior sala do evento. Mas dessa vez, com Crepúsculo escolhido para ser iniciar os trabalhos, sobrou lugar. Normalmente a fila para entrar na primeira apresentação é enorme e mesmo com capacidade para 7 mil pessoas é normal ter gente que acaba ficando de fora. Mas neste ano, qualquer um que chegasse lá uma horinha antes conseguiria entrar sem problemas e arranjar um lugar do meio pro fundo.
Com a sala H apenas meio cheia, o painel começou com a apresentação do diretor Bill Condon e o elenco principal: Kristen Stewart, Taylor Lautner e Robert Pattinson.
Para começar, Kristen foi questionada sobre o casamento. "Era a cena que me deixava mais nervosa desde o primeiro filme. E mesmo tanto tempo depois, quando chegou a hora não foi mais fácil", lembrou. A atriz falou também do forte esquema de segurança armado para que ninguém veja o vestido da noiva.
Em seguida, Robert comentou a sua visita ao Brasil: "Fazer a cena da lua-de-mel no Rio de Janeiro foi lindo. Nós chegamos, tudo estava maravilhoso, mas quando chegou a hora de começar a filmar, choveu torrencialmente e tivemos que ficar brincando com jogos de tabuleiro em vez de fazer amor na praia. Parecia que a lua-de-mel era na Inglaterra e não no Brasil", brincou.
O diretor também falou sobre a sua visita ao Rio de Janeiro. "Foi bem na época do Festival e foi ótimo poder conhecer cineastas brasileiros e conversar com eles. E também tivemos muitas pessoas da equipe técnica, que eram todos ótimos."
Durante o painel foram mostradas duas cenas do novo filme:
  • Cena 1: Jacob discute com Carlyle e Esme uma aliança e a possibilidade de conseguir mais sangue para Bella, que agora é tratada como "parte da família". Ele sai para a floresta e ouve de outro lobisomem de seu grupo que "eles estão chegando". São os lobisomens do antigo grupo de Jacob, que aparecem e o clima entre eles não é o melhor. Para acalmar as coisas, Jacob promete que vai acabar com o problema (provavelmente eles estão falando do bebê) quando ele aparecer, porque os vampiros confiam nele.
A briga toda é porque Jacob agora tem o seu próprio grupo. Taylor comentou as mudanças de seu personagem, dizendo que "Jacob do começo do filme é o mesmo que todos conhecem, apaixonado por Bella, mas daí seu coração é estraçalhado e ele é forçado a amadurecer e se separar da sua matilha. Adorei ver as coisas que meu personagem passou."
  • Cena 2: O primeiro vislumbre da lua-de-mel. A sequência começa com o casal chegando ao hotel. Edward pega Bella no colo anda para dentro da suíte nupcial, que tem paredes e portas de vidro e é cheio de plantas. A cama branquinha levou a muitos gritos do público. Bella começa a se emocionar e Edward chega com as malas em um dos momentos de comédia involuntária. Os dois estão nervosos pela primeira vez que está por vir. Ele dá um beijo na testa dela e sugere um banho de mar, e sai para a varanda, andando pela praia. Ela vai para o banheiro se "preparar", escova os dentes, raspa a perna e se desespera na hora de escolher a lingerie certa. Decide ir só de toalha para a praia, onde acha a camisa dele na areia. Ele está na água, iluminada pela lua. Ela deixa a toalha cair e vai encontrá-lo, para o delírio molhado da plateia.
A cena do parto foi a mais comentada. Kristen lembra que durou dois dias para ser filmado. "Tente imaginar o que é isso. Foi muito difícil ter que interpretar que você tinha um tipo de veneno no seu corpo", disse. A cena foi eleita para Robert como a mais difícil. "Não tem mais ninguém por perto e ele não tem ideia do que está fazendo enquanto tenta ajudá-la. Normalmente, nos outros filmes, quem salva o dia é Bella...", brinca o inglês. Taylor elogiou Bill pela cena também, dizendo que no livro, parecia algo muito difícil e ele conseguiu transformar a cena em uma das melhores da série. "Você passa o tempo todo interpretando este cara que é uma estátua, mas quando você tem um filho, não tem como não se emocionar", complementou Robert.
Sobre usar a maquiagem de vampiro pela primeira vez, Kristen disse que as lentes de contato são horríveis e tornam impossível de enxergar qualquer coisa.
Lá pelo meio da apresentação, as atrizes secundárias entraram no palco também: Julia Jones, Elisabeth Reese, Nikki Reed e Ashley Greene.
"Alice sempre foi uma personagem muito divertida de interpretar. Foi bom que desta vez mostramos uma parte que não havíamos visto antes, mais sombrio", diz Ashley Greene. "Nós formamos meio que uma família e não sei como como será no futuro, mas pelo menos sabemos que estaremos nos encontrando ainda nas estreias dos próximos filmes", comenta ela sobre o fim das filmagens.
Nikki diz que Rosalie não é a garota feliz o tempo todo, ao contrário de Alice. "Foi bom poder mudar um pouco desta vez e ter algumas cenas mais alegres. E Bella e Rosalie finalmente se entendem"
O diretor ainda disse: "Kristen é uma das maiores fãs dos livros. Nós discutíamos muito o que nós estávamos fazendo, para ter certeza de que não estávamos deixando nada para trás. E isso é ótimo, porque a maior parte da saga é contada pelo seu ponto de vista."
Pattinson foi o mais sem graça dos protagonistas, enquanto Kristen era a mais faladora (deixando escapar até alguns palavrões) e Lautner o bom moço. Ano que vem tem mais...
The Twilight Saga: Breaking Dawn - Part 1 chega aos cinemas em 18 de novembro. The Twilight Saga: Breaking Dawn - Part 2 em 16 de novembro de 2012. Bill Condon (Kinsey,Dreamgirls) dirige ambos.
Reportagem: Marcelo  - Omelete
 
 
 
 
 PREMONIÇÃO 5
SINOPSE:  Após a premonição de um homem, que salva seus colegas de trabalho de um acidente terrível em uma ponte suspensa, a morte começa a sondá-los e começa uma corrida terrível contra o tempo, eles tentam freneticamente descobrir uma maneira de escapar do encontro sinistro com a Dona Morte.
 
 

 RINGER:
SINOPSE:Sarah Michelle Gellar interpretar as gêmeas Bridget Cafferty e Siobhan Marx. A primeira é uma jovem envolvida em problemas com a máfia que foge e assume a identidade de Siobhan, sua rica irmã gêmea que morreu afogada. Mas ela descobre que a tal irmã também está com a cabeça a prêmio.
 
 





Nenhum comentário:

Postar um comentário